25 de ago de 2014

Oficina G3: ex-baterista revela detalhes de sua saída “teria que pagar multa de 2 milhões”


O baterista Alexandre Aposan voltou a falar sobre sua saída do Oficina G3 e revelou detalhes da situação que o fez optar por deixar a banda após oito anos, sendo três como membro oficial. 

Numa entrevista concedida ao portal Guia-me, Aposan disse que para fazer projetos paralelos e/ou participações especiais em shows/CDs de outros artistas, teria que cumprir algumas formalidades ou pagar uma multa milionária exigida nos contratos do Oficina G3.

A banda atualmente estuda a renovação de contrato com a MK Music ou a ida para outra gravadora, segundo o baterista.

“Eu não estou falando mal da MK. A Alomara, a Yvelise, Cristina, Marina de Olivera são minhas amigas e eu não vou falar mal delas. Vou falar a verdade. Com o término do contrato com a MK, tem alguns contratos que o Oficina G3 ainda está analisando – não é somente [a renovação] da MK. E todos estes contratos vão contra àquilo que eu acredito. Por exemplo, eu gravei um DVD que se chama ‘Entre Irmãos’ e nele tem uma boa parte da galera com quem eu já trabalhei e seu eu continuasse na banda, se eu assinasse qualquer um desses contratos, eu não poderia gravar o ‘Entre Irmãos 2′, um outro ‘Ao Som dos Tambores’ ou um outro do DVD do For Action, como eu gravei agora. Eu ia ter que viver só com o Oficina G3. Se eu subisse em algum palco com qualquer outro artista – instrumental ou não – e esse artista não falasse: ‘Eu estou aqui no palco com o Alexandre Aposan, da gravadora X e da banda Oficina G3′, eu ia ter que pagar uma multa de 2 milhões e 100 mil reais”, desabafou o baterista, explicando o porquê de sua saída.

Aposan disse ainda que se seu interesse fosse puramente financeiro estaria tocando para artistas do meio secular: “Eu vou deixar de pegar um talento que Deus colocou na minha mão para abençoar várias vidas e ficar preso em um contrato? Se for para assinar um contrato, eu volto para o meio secular. Eu volto a tocar com Anitta e Naldo, se for por dinheiro. Só que o talento que Deus me deu é para levar a Palavra através dos tambores e é que eu vou fazer pelo resto da minha vida. Muitos iam fazer o que? Pensar: ‘Eu não vou sair. O Oficina G3 é a maior banda de rock do Brasil’. Eles realmente são. Mas eu não estou atrás de holofote, nem nada disso. Quero fazer a obra de Deus”, disse.


Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

28 comentários:

Anônimo disse...

Resumindo.... vai sair por causa de dinheiro..... hahahahaha o mais engraçado que eles insistem que tocam pra Deus hauabauahuahu hipocresia...

anne victoria disse...

Vou nem responder a altura da resposta que VC merece, sr anonymous. Vai se converter e tirar a trava do teu olho primeiro p depois querer tirar o cisco do olho do teu irmão! Passar bem!!!

Anônimo disse...

isso ae aposan

Anônimo disse...

Aposan ta certo,tem que usar do talento pra ganhar almas pra Deus msm.

Julius disse...

Concordo Com o Aposan ...

Yan Silva disse...

Esse lance de movimento gospel é uma grande farça! Não estou vendo nenhuma diferença das coisas realizadas em outros movimentos como eles dizem "mundanos"... Nas obras realizadas por Cristo não haviam contratos e nem dinheiro... Esse é um grande mercado ao qual vários se aproveitam, principalmente dos menos capacitados... Hipócritas!

Lael Tardim disse...

toca para DEUS nao para Homens DEUS ORGULHA DE VC TOCA FELIZ PARA ELE ELE DEUS NOSSO SALVADOR

Kelio Marcio disse...

- O Aposan fez sua escolha e tenho certeza que sua decisão foi tomada com Deus, ele vive disso e tem que pensar tbm no melhor pra sua familia, Deus tem abençoado ele com esse dom e o Aposan é um cristão por isso Deus tem feito ele honrar isso..
vai na Fé Alexandre Aposan DEUS tem o melhor pra vc !

Anônimo disse...

Certamente quem o chama de hipócrita tá pagando as contas dele né? Se a empresa ao lado da que você trabalha te oferecesse um salário dobrado todos iriam facinho. Ele simplesmente não quer ficar preso a algo. Tem seus projetos musicais e não abre mão deles pra se prender à MK, não necessariamente ao Oficina G3. Saibam interpretar!

Anônimo disse...

Cala a boca vacilão.

Anônimo disse...

Melhor comentário

Anônimo disse...

Absurdo destas Gravadoras.

Anônimo disse...

E quem falou que oficina G3 é a maior banda do Brasil?

Anônimo disse...

Gente que devia aproveitar algumas oportunidades de ficar calado...
O Aposan não chegaria no lugar onde esta se Deus soubesse que ele iria se corromper a esse ponto...
Cuidar da sua vida, vai orar e colocar sua vida no altar antes de falar do servo do Senhor... Vigia, irmãozinho...

Anônimo disse...

qual a diferecá entre tocar com o naldo ou anita e tocar com o Thalles... kkkkkkkkkkkkkkkkk é cada uma que eu vejo

Anônimo disse...

Deus abençoe seu trabalho Aposan, admiro o seu talento e creio que Deus vai te abençoar a cada dia.

Anônimo disse...

O que esse bosta ta falando ai músico tbm come musico tbm tem família e musico tem contas a pagar nada mais que justo um salário pra ele ...otario

Anônimo disse...

Oficina G3, maior banda de Rock do Brasil? De onde esse cara sonhou isso?
viajou legal!

Anônimo disse...

Isso ai Aposan! Deus está a procura de verdadeiros adoradores e não exclusivistas.

Teologia e vida disse...

Os caras são tão hipócritas que quando o Catedral passou a gravar música secular muitos criticaram-no. E os "evangélicos" são tão bitolados em seus preconceitos que a maioria criticou uma e deixaram de curtir uma banda de rock bem interessante.
Costumo dizer para muitos que o que o catedral fez foi o contrário de muitos artistas "gospel,s"; a banda deixou de arrancar dinheiro dos crentes e agora estava buscando arrancar um pouco de grana dos descrentes. Se eles mantivessem o testemunho cristão e aplicassem uma parte no serviço do Reino, qual o problema? Tudo isso não passa de entretenimento e negócio.
Existem dois mercados consumidores de "músicas"; Secular e "evangélico". É só consumo e nada mais.

Guina Souza disse...

Tudo que envolve dinheiro vira esse circo todo galera.A obra de DEUS ta cada vez + comercializada!

Anônimo disse...

O seu trouxa, vc trabalha 8, 6, 4 horas que seja de graça? Obviamente que não. Não venha comparar o chamado de Cristo com o chamado que muitos músicos e cantores cristão têm. Obviamente muito deles, realmente estão exagerando ao cobrar R$ 70.000 para tocar em um evento. Porém lembro também que muitas das gravadoras as quais eles pertencem não são evangélicas e à partir do momento que eles assinam contrato com essas gravadoras, cumprem o contrato para pôr o sustento na mesa de suas famílias.sendo que, o é pago à eles não chega nem à 10% do que a gravadora cobrou para o artista ir fazer o show. Outra coisa amigo, se você um dia usasse todo o seu talento profissional onde vc trabalha e seu chefe resolvesse te pagar R$ 70.000 de salário, vc estaria sendo Hipócrita??? O importante é vc saber usar os recursos que Deus te dá. Afinal nosso Deus é dono do ouro e da Prata. Ele não está preocupado com valores. Mas sim com o que você está fazendo com os recursos que ele te dá. Pelo menos eles estão ganhando muitas almas com o talento deles.

Anônimo disse...

Cara, quantos Grammys sua banda ganhou mesmo?

Anônimo disse...

Mais uma vez aposan mostrando ser um servo de Deus (sem contar seu enorme talento) também sou bateristas e além de admirar seu trabalho, admiro sua fé,seu comprometimento e sua seriedade com a palavra de Deus, nada mais justo do que retribuir o talento que Deus o deu,do que adorar a ele com seu talento!

Anônimo disse...

Que tudo seja feita conforme a vontade de Deus. Se ele saiu foi porque Deus quis e sendo assim Deus enviará outro pra banda, o que importa é está no centro da vontade de Deus.

Anônimo disse...

é óbvio...Paulo disse: não permaneçam nem por um momento sob jugo de escravidão...este baterista aguentou muito...
quanto a MK? apenas mais uma empresa em nome de Jesus...puro comércio...o Deus Mamon dita as regras...a história se repete: o Diabo diz: tudo isto te darei se prostrado me adorares...
eu fecharia este tipo de contrato com a globo, sbt, band, qualquer banda ou cantor secular, mas nunca com alguém que faz tudo isso em nome de Jesus. E afirmo e garanto: com os do mundo Deus não me cobraria nada no dia do Juízo...
Fim da conversa no bate-papo

Anônimo disse...

Acho que todos devem ler a Bíblia, não devemos julgar ninguém, só quem tem esse direito é Deus...
quem nunca pecou que atire a primeira pedra!

Anônimo disse...

Namoral, ninguém aqui tem autoridade pra falar do Aposan ! Fiquem calados porquê se elr escolheu isso, respeitem, vocês não tem nada com a vida dele e ele nao deve satisfações pra ninguém aqui. Silêncio e orem por ele. Chingalo e julgalo é facil demais pra quem está de fora. Secem esse papo !

Postar um comentário