Mostrando postagens com marcador Seita. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Seita. Mostrar todas as postagens

19 de jun de 2014

As I Lay Dying: Tim Lambesis revela ser ateu e dizia ser cristão para vender discos..."90% das bandas fingem fé"


Uma banda autocategorizada como sendo de ‘Heavy Metal Cristão’ cujo frontman foi condenado por tentar contratar um pistoleiro para assassinar sua ex-esposa admitiu que vinha enganando seus fãs ao fazê-los acreditar que eles eram cristãos de modo a vender discos.

“Na verdade, eu era ateu”, disse Tim Lambesis, o vocalista e fundador do AS I LAY DYING ao site Alternative Press em uma entrevista recente. “Na verdade, eu não fui o primeiro cara no As I Lay Dying a deixar de ser cristão. Eu acho que fui o terceiro. Os outros dois que continuaram o sendo meio que pararam de falar no assunto, e daí eu acho que eles também largaram de mão também.”

O site ainda apontou para o fato de que sua ex-esposa, Meggan, havia divulgado na papelada do divórcio que Lambesis tinha se tornado ateu. Lambesis, ao admitir seu ateísmo, ressaltou que ele se distanciou do cristianismo tão logo se graduou em estudos religiosos, curso que realizou por meio de um programa de longa distância.

“No processo de tentar defender minha fé, eu comecei a pensar que o outro ponto de vista era mais forte”, ele declarou.

E um pecado levou ao outro, e ele tenta justificar sua renúncia a Cristo como justificativa para suas ações.

“A primeira vez em que chifrei minha esposa, minha interpretação de moral agora me era conveniente”, explicou Lambesis. “Eu me sentia menos culpado se eu decidisse, ‘Bem, o casamento não é uma coisa verdadeira, porque o Cristianismo não é verdadeiro. Deus não existe. Portanto, o casamento é apenas um pedaço de papel idiota do governo.”

Mas ele continuou a declarar que era cristão, assim como os outros da banda, de modo a vender discos para os fãs de música cristã.

“Eu me lembro de um festival cristão quando um jornalista queria que um dos caras da banda desse seu testemunho, e ele ficou paralisado e deixou que um dos caras que ainda eram cristãos respondesse”, conta Lambesis. ”Rimos daquilo depois, mas só ríamos porque foi muito constrangedor.”

“Quando os fãs queriam rezar com a gente depois dos shows, eu ficava tipo, ‘Ah, manda ver, reza! ‘, e eu só deixava eles rezarem. Eu dizia ‘amém’. Se rezar com a minha mão no ombro deles os faz sentir melhor, eu não queria tirar isso deles,” ele continuou. ”Quando eles pediam para que eu rezasse por algo em específico, eu dizia ‘Eu não gosto muito de rezar em voz alta, mas vou pedir por isso no ônibus.”

Ele disse que durante seu tempo com o As I Lay Dying, ele se deu conta que muitas bandas que se declaram cristãs disfarçam suas verdadeiras convicções tal qual ele fazia.

“Excursionamos com mais ‘bandas cristãs’ que na verdade não eram cristãs do que com bandas que de fato o fossem”, afirmou Lambesis. ”Em 12 anos de turnês com o As I Lay Dying, eu diria que talvez uma dentre dez bandas com as quais tocamos eram de fato cristãs.”

À medida que ele continuou a cair em tentação, Lambesis perguntou a um personal trainer da academia onde ele se exercitava se ele conhecia algum matador de aluguel que pudesse matar sua esposa. O vocalista logo foi preso e levado sob custódia da polícia após uma operação onde ele supostamente deu à polícia as instruções e o dinheiro para prosseguir com o homicídio. Ele foi condenado a seis anos de prisão no último mês de março.

Mas foi só recentemente que Lambesis trouxe à tona a verdade sobre seu ateísmo e a fachada que sua banda montou para vender discos.

“Muitos pais cristãos diziam, ‘Sim, você pode comprar esse CD do As I Lay Dying porque eles são uma banda cristã’. Eles nem se dão ao trabalho de conferir as letras”, Lambesis acusa. “Então, quando você muda de opinião, você meio que deve aos fãs essa honestidade.”


Fonte: Whiplash
Compartilhar este post?

28 de fev de 2012

Resenhas: Igreja cria campanha para que seus membros façam “tatuagens cristãs”


Um dos assuntos mais controversos ainda discutidos na igreja contemporânea é a tatuagem. Vista por muitos cristãos como prática proibida, devido a passagens presentes no Antigo Testamento, a tatuagem é uma arte cada vez mais presente no meio cristão, sendo, inclusive, usada por muitos como forma de expressar sua fé.
Marginalizada durante muito tempo na cultura ocidental, as tatuagens são usadas como forma de expressão e identificação em diversos segmentos da sociedade, e é muitas vezes vista negativamente devido ao seu uso entre presidiários e mafiosos de diversos países. Em algumas comunidades tribais tatuagens são consideradas elementos essenciais para definir a identidade visual e coletiva.
Diante da grande popularização das tatuagens com temática religiosa, o pastor Chris Seay, da Comunidade Ecclesia, em Houston, Texas, criou uma “campanha” durante a quaresma, para que membros de sua congregação façam tatuagens ilustrando, de algum modo, a vida e a crucificação Jesus.
Segundo a ABC Local o pastor convidou o tatuador e artista plástico Scott Erickson, para criar, inicialmente, 10 desenhos que representassem as “Estações da Cruz” e anunciou em sua igreja que procurava 10 pessoas que desejassem fazer essas tatuagens. A ideia atraiu mais de 50 voluntários e todos foram tatuados com um desenho personalizado, feito por Erickson.
Evitando desenhos com as comuns cruzes ou imagens do rosto de Cristo, o tatuador explicou o conceito artístico por trás de suas criações: “Eu acho a cruz totalmente importante, mas como um símbolo ela não inspira mais as pessoas, tornou-se algo decorativo”. Por esse motivo, e como forma de incitar a curiosidade de quem vê as tatuagens, ele incorporou símbolos cristãos mais sutis, como o pintassilgo, que tradicionalmente representa Cristo na Paixão, e escreveu algumas frases em latim.
“O protestantismo tem uma cultura visual muito pouco desenvolvida”, afirmou o artista, que disse ainda que “As Estações da Cruz, mostram uma história muito intensa. Não havendo espaço para os cordeiros fofinhos e cores brilhantes”.
Seay é pós-graduado em Teologia pela Universidade Batista Baylor e autor de diversos livros, que relacionam o cristianismo com filmes e séries de televisão, entre eles The Gospel According to Tony Soprano (O evangelho segundo Tony Soprano) e The Gospel Reloaded, sobre os dois primeiros filmes da trilogia The Matrix. O pastor é apontado como um dos novos líderes o movimento conhecido como “Igreja Emergente”.
Brent Plate, que é professor de um curso sobre religião e cultura pop no Hamilton College, em Nova York, falou sobre a campanha da Ecclesia. Segundo ele “este é um projeto fascinante, criativo e provocador”. Para Plate “fazer as Estações como tatuagens é claramente algo que se encaixa bem com o movimento da chamada igreja emergente. Afinal, eles desejam estar totalmente envolvidos com a cultura contemporânea, sem perder sua identidade espiritual cristã”.

Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

22 de jan de 2012

Resenhas: conheça a 1ª capital do Brasil por outros ângulos, confira no vídeo "Salvador Cidade Oculta "



Fonte: youtube, Verdade Oculta
Compartilhar este post?

Resenhas: no Rio de Janeiro, idosa tem número 666 tatuado na testa... a mesma "faz parte" da seita Crescendo em Graça

A idosa de 80 anos sofria maus tratos do casal com quem vivia. Participantes de uma seita, fizeram a mulher tatuar o número 666 na testa.


Fonte: youtube
reportagem da TV Record
Compartilhar este post?

3 de dez de 2011

Chrislam: movimento que mistura Cristianismo com Islamismo


Chrislam é um movimento religioso que está ganhando força nos Estados Unidos. Ele tem como base a mistura de tradições e adoção de livros sagrados de duas religiões: o cristianismo e o islamismo.
O movimento de sincretismo religioso que mistura elementos das duas religiões começou na Nigéria na década de 1980 com um homem chamado Tela Tella que afirma ter sido visitado por um anjo que lhe incumbiu dessa missão. E vem ganhando força e espaço na América do norte após os atentados terroristas de 11 de setembro.
“Chrislam, como o nome sugere, é um movimento crescente em que alguns cristãos estão tentando encontrar um terreno comum com os muçulmanos”, explica o teólogo Bill Muehlenberg.
No início desse ano comunidades cristãs, que aderiram a essa “Aliança interconfessional”, em estados como Dallas, Chicago e Washington DC estão colocando o Alcorão ao lado da Bíblia em seu templos, e houveram também pregações sobre o profeta Maomé.
De acordo com o Christian Post, os adeptos desse movimento sincretista defendem a existência de pontos em comum entre as tradições religiosas, um exemplo são as 25 menções feitas a Jesus no Alcorão e ensinamentos comuns sobre ética e moral. Eles acreditam que ao se unirem em torno desses pontos comuns estão formando uma espada espiritual contra o ateísmo e o politeísmo que, segundo eles, são os motivos do conflito moral do Ocidente.
Porém muitos cristãos tem rejeitado essa união religiosa e ressaltam as incompatibilidades ideológicas das duas crenças. O pastor sênior da Igreja Cornerstone em Highland (Michigan), Tim Forsthoff fala sobre essa incompatibilidade: “Nós não somos irmãos daqueles que rejeitam a Cristo. Nós não somos parte da família de Deus com aqueles que negam a morte e ressurreição de Jesus Cristo”.

“As pessoas têm sido levados a acreditar que todas as culturas são iguais, que todas as religiões são iguais. O primeiro erro é abraçar as diferentes culturas “, disse o professor e jornalista Paul Williams que aponta o multiculturalismo como estopim para a propagação do “Chrislam”. Willians fala também que em muitos lugares dos Estado Unidos falar contra a diversidade já é visto com maus olhos. Ele completa dizendo que o que realmente está acontecendo é que “[Muçulmanos] estão entrando e convertendo os cristãos”.

Em outros lugares do mundo o movimento também está ganhando força. Uma frase escrita no site do Comitê de Diálogo Nacional Islâmico-Cristão no Líbano sintetiza a filosofia: “Nós somos irmãos, somos uma família de Deus. Nenhum de nós é melhor do que o outro em seus olhos. Ele nos ama tanto. O futuro só pode ser ganho contra o mal por todos nós em pé, fortes e juntos”.
Na Austrália, o grupo islâmico “MyPeace” conduziu uma campanha publicitária defendendo a inter-relação entre cristãos e muçulmanos. Nessa campanha foram espalhados cartazes pela cidade de Sidney com os dizeres “Jesus: um profeta do Islã”.
A principal bandeira levantada pelos fiéis “híbridos” é “Por que não nos dar bem, ao ressaltar as diferenças, quando podemos simplesmente… nos tornar um?”.


Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

16 de dez de 2010

Campanha ateísta em ônibus chega ao Brasil comparando cristãos a Hitler


A Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) veicula a partir de hoje campanha publicitária para dizer que Deus pode não existir.

As peças de propaganda, com frases como “Religião não define caráter” e “A fé não dá respostas. Ela só impede perguntas”, circularão em ônibus de Salvador e Porto Alegre por um mês.“O prazo pode se estender, se tivermos doações”, diz Daniel Sottomaior, da Atea.A campanha teve início no Reino Unido em 2009 e se espalhou por outros países, com resultados distintos.Nos EUA e na Espanha, a iniciativa deu certo, provocando a esperada polêmica. Na Itália, a veiculação foi proibida. Na Austrália, a companhia responsável por anúncios em ônibus se recusou a exibi-los.Algo parecido aconteceu em São Paulo. Depois que conheceu o conteúdo dos anúncios, já após a assinatura do contrato, a empresa que os veicularia se negou a fazê-lo, alegando que a legislação proíbe temas religiosos. A Atea avalia a possibilidade de uma ação judicial.
Metade dos cerca de R$ 10 mil utilizados na campanha brasileira vem de pequenas doações e de recursos da própria instituição. A outra metade vem de um único doador paulista que prefere permanecer anônimo.



Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

7 de dez de 2010

Missões: Adolescente somali é morta a tiros por tornar-se cristã


SOMÁLIA (4º) - Uma jovem de 17 anos somali convertida ao cristianismo do islamismo foi morta a tiros na semana passada, em uma aparente "crime de honra", segundo uma fonte local. 

Nurta Mohamed Farah, que tinha fugido da sua aldeia Bardher, região de Gedo Galgadud para viver com parentes depois que seus pais a torturaram por deixar o islã, morreu no dia 25 de novembro. 
Fontes disseram que suspeitam que os dois homens não identificados que atiraram no peito e na cabeça com uma pistola eram parentes ou que agiram em pedido destes. 
Ela foi morta no bairro Abudwaq cerca de 200 metros de onde havia se refugiado. Seus pais haviam espancado-a por deixar o islã e regularmente a algemavam a uma árvore de casa, segundo fontes cristãs. 
Um líder cristão que visitou a área afirmou que a jovem estava confinada em sua casa desde 10 de maio, quando sua família descobriu que ela tinha se convertido ao cristianismo. 
Cristãos locais tinham relatado que, enquanto Farah vivia em sua aldeia natal na região de Gedo no sul da Somália, Farah foi acorrentada a uma árvore de dia e colocada em uma sala pequena e escura à noite.


Fonte: Missão Portas Abertas
Compartilhar este post?

6 de nov de 2010

Lady Gaga e Justin Bieber são mais procurados na internet do que Jesus

Mais de 44 anos atrás John Lennon afirmou que os Beatles eram mais populares que Jesus Cristo. Tal declaração ofendeu muitas pessoas e causou protestos de igrejas e discos dos Beatles foram queimados.
Mas como era possível medir a popularidade naquela época? Hoje, com a internet já é comum medir a quantidade de buscas por determinado(s) termo(s). O Google, maior ferramenta de busca do planeta, oferece em segundos essa avaliação através do Google Insight, e ele mostra que Jesus está muito a frente do ex vocalista dos Beatles, que com sua banda conseguiu chegar apenas na décima nona colocação no ranking das 26 personalidades mais buscadas no Google em 2010.
Curiosamente Jesus Cristo está entre os quatro assuntos mais buscados na web, a primeira posição do ranking fica com a famosa cantora norte-americana Lady Gaga, seguida por Justin Bieber e gatos (animais) em geral.
Os cantores e celebridades teens dominam a lista, já que esse público é o que mais usa a internet para aprender sobre seus ídolos.

Confira a lista completa abaixo:


Fonte:
Gospel+
Compartilhar este post?

25 de out de 2010

Índia: Cristã sofre aborto devido ataque de extremistas


A polícia do sul da Índia, conhecida por sua hostilidade contra a minoria cristã da região, prendeu dois nacionalistas hindus suspeitos de fazerem parte do ataque a quatro pastores e de ferirem com golpes na barriga a esposa grávida de um deles, matando seu filho ainda no ventre.
O ataque aconteceu numa escola evangélica onde cristãos se reuniam para celebrar a data de aniversário de Mahatma Gandhi, em 2 de outubro, na província de Chintamani, Estado de Karnataka, noticiou o Conselho Global de Cristãos Indianos – CGIC.
Cerca de 40 pessoas invadiram a Nova Escola Pública no encerramento das orações naquela manhã e investiram contra os quatro pastores e contra Kejiya Fernandes, esposa do Pastor Fernandes. A polícia de Chintamani foi chamada, mas o ataque continuou, e por volta do meio-dia quando as hostilidades físicas e morais cessaram, os policiais conduziram os cristãos para a delegacia sem ter prendido os agressores.
Privados de assistência médica, os cristãos foram liberados às 19h30, pouco depois que Kejiya começou a sangrar bastante, segundo o Conselho Global. Os pastores e Kejiya se dirigiram ao hospital da cidade para serem medicados onde foi constatado que ela havia perdido o bebê após quatro meses de gestação. Pastor Fernandes, por sua vez, sofreu ferimentos no ouvido. As outras três vítimas, identificadas apenas como Pastores Robert, Muthu e Kenny, eram ministros de uma igreja local independente.
Dos 12 suspeitos apontados pela polícia, apenas dois foram detidos no mesmo dia, e os demais continuam desaparecidos, informou o advogado Jeeva Prakash, vinculado ao departamento jurídico da Sociedade Evangélica da Índia.
Os detidos disseram que o ataque foi um “ato de vingança” contra um alegado insulto a deuses hindus durante a celebração em memória de Gandhi, pois os acusados fizeram um boletim de ocorrência acusando os pastores, acrescentou Prakash, que inspecionou o local da agressão e visitou as vítimas durante esta semana. Mesmo com a acusação dos hindus, os cristãos não foram presos, pois a corte lhes concedeu fiança antecipada.




Fonte: Missão Portas Abertas
Compartilhar este post?

22 de ago de 2010

Os Novos Evangélicos: Matéria da revista Época

Edição de 09/08/10
Inspirado no cristianismo primitivo e conectado à internet, um grupo crescente de religiosos critica a corrupção neopentecostal e tenta recriar o protestantismo à brasileira....




Ler mais: http://apenasmusica.net/devocional/os-novos-evangelicos-revista-epoca



Fonte: Blog Amplificador
Compartilhar este post?

13 de ago de 2010

Jesus não é cabo eleitoral



Fonte:Genizah
Compartilhar este post?

3 de ago de 2010

Silas Malafaia: O fracasso do projeto "Clube de 1 milhão de Almas"

Pastor fracassa ao tentar lançar TV em 150 países 
 
Silas Malafaia e Mike Murdock
por Ricardo Feltrin (colunista do UOL)

No começo de abril, o pastor Silas Malafaia, então ligado à Assembleia de Deus, lançou em parceria com outro pastor norte-americano, Mike Murdock, um plano para arrecadar R$ 1 bilhão. O dinheiro seria empregado em evangelização em todo o mundo e manutenção de programas de TV em pelo menos 140 países. Malafaia batizou o plano de "Clube de 1 milhão de Almas". Cada fiel que aceitasse colaborar teria de doar R$ 1 mil.

Veja placar das almas:
http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/hotsite/clube1M/home.cfm

Por causa do plano, o pastor recebeu severas críticas de setores não só da Assembleia de Deus, mas também de outras linhas evangélicas. Por causa das críticas, o pastor teria se afastado da AB.
Quatro meses depois de lançado o plano, ele resulta em fracasso numérico e financeiro. Até esta terça-feira, 3 de agosto, nem mesmo 5.000 pessoas aderiram ao programa, embora o pastor esteja fazendo propaganda ostensiva em horários que adquire na TV e no rádio.
Se prosseguir na atual toada, o pastor levará 330 anos para completar o milhão de almas. O acordo que ele disse ter fechado para exibir programas em outros países seria válido apenas para este ano.
O "sócio" de Malafaia na empreitada, Murdock, é pregador conhecido como ferrenho defensor da teologia da prosperidade --aquela que, grosso modo, prega que o fiel cristão pode obter ganhos financeiros e materiais única e exclusivamente através de sua fé, e que essa fé deve ser demonstrada com uma espécie de generosidade para com a igreja com que ele, fiel, frequenta.
Ao doar parte do que tem, o fiel teria uma contrapartida divina garantida, já que "Deus é fiel" (em seu acordo com os humanos).
É o mesmo discurso da Igreja Universal e da Renascer em Cristo, que lançam constantemente "desafios" para seus fiéis, que, quase sempre, resultam na doação de dinheiro para esta ou aquela "causa" da igreja. A IURD, no momento atual, está pedindo e recebendo doações para construir uma réplica do templo de Salomão; a Renascer, para reconstruir sua sede.
 


Fonte: http://www.genizahvirtual.com
Compartilhar este post?

26 de jul de 2010

RadicaLISMO: Muçulmanos da Somália atacam cristão na Etiópia

ETIÓPIA:  A agência International Christian Concern (ICC) recebeu a informação de que, em 16 de julho, cinco homens muçulmanos da Somália atacaram e feriram gravemente um homem cristão em Addis Ababa, Etiópia, por ler um livro de crítica ao Profeta Maomé.
Mike Abdul Falahow, um cristão convertido do islamismo, estava lendo um livro intitulado “A Grande Decepção: Como Maomé Tentou Converter Cristãos para o Islã”, quando dois muçulmanos exigiram que ele entregasse o livro, dizendo que era insultante e atacava a honra do Profeta Maomé. O livro é um estudo crítico da Sura Al Imran 3:33-64 do Alcorão.
Falahow se recusou a entregar o livro e lembrou os muçulmanos de que eles estavam vivendo em Addis Ababa e, não em Mogadishu e, portanto, tinham liberdade religiosa.
Um dos homens muçulmanos tentou tirar o livro das mãos de Falahow, mas não conseguiu, passou a chutar e dar socos em Falahow. Os outros quatro homens muçulmanos se juntaram ao ataque a Falahow e surraram-no sem misericórdia.
Falahow sofreu lesões como uma perna quebrada e cortes em seu rosto. Atualmente, ele está se recuperando em local seguro, uma casa providenciada pela comunidade cristã da Somália em Addis Ababa. O incidente foi relatado para a polícia.
Um líder da igreja em Addis Ababa, Somália, descreveu ao ICC sobre o ataque, dizendo “uma tentativa brutal de subjugar o crescimento da comunidade cristã somaliana em Addis Ababa.”
Essa não é a primeira vez que os muçulmanos da Somália atacaram somalianos que se converteram ao cristianismo em Addis Ababa. No entanto, essa é a primeira vez que um ataque como esse ocorreu em local público.
Jonathan Racho, Administrador Regional do ICC na África, disse “Muitos cristãos somalianos foram assassinados por radicais do Islã na Somália e muitos deixaram seu país pela perseguição que sofriam. Infelizmente, eles não escapam da perseguição mesmo após terem deixado seu país. Encorajamos as autoridades da Etiópia a impedirem a tentativa dos Islâmicos de importarem suas ideologias violentas da Somália. O abuso a convertidos ao cristianismo se tornará pior, a menos que as autoridades tomarem medidas contra os indivíduos que são responsáveis pelo ataque a Falahow.”



Fonte: Missão Portas Abertas
Compartilhar este post?

24 de jul de 2010

Igreja Batista realiza casamento lésbico e fiel decide processar denominação para reaver dízimos doados

 
Para Yvonne Moore, quando sua congregação batista do Sul realizou uma “cerimônia de compromisso” lésbico, não foi só algo contra a Bíblia — foi uma traição pessoal.
A traição levou a idosa negra, que havia frequentado a Igreja Batista da Aliança em Washington D.C. durante 37 anos, a processar para que suas doações semanais fossem devolvidas — doações avaliadas em aproximadamente 250 mil dólares.
“Fiquei transtornada — eu dou para a igreja dez centavos de cada dólar. Eu pago dízimos, e eles não respeitaram os membros o suficiente para nos escutar”, disse Moore numa entrevista da CNN publicada na quinta-feira. “Não acredito nessas coisas. Sou uma batista do Sul. A Bíblia fala contra o homossexualismo — não se pode levar isso para dentro da igreja”, disse ela.
Moore diz que frequentou o evento não acreditando que ocorreria em sua igreja, e achou a cerimônia “totalmente repugnante”.
Evidentemente, Moore não é o único membro transtornado com a mudança: a reportagem da CNN menciona brevemente que a congregação perdeu metade de suas famílias por causa do descalabro. Os pastores Christine e Dennis Wiley, porém, foram obstinados em sua decisão de celebrar a união da dupla lésbica.
“Não dá para você simplesmente ler uma Bíblia e pensar que de certa maneira você não dominou a palavra de Deus”, disse Dennis Wiley.
Mais tarde Moore desistiu do processo, embora tenha dito que não voltará mais àquela igreja.
Num encontro anual neste mês, os líderes americanos dos batistas do Sul aprovaram resoluções se opondo à normalização da homossexualidade nas forças armadas e no ambiente de trabalho.
O Distrito de Colúmbia [onde fica a capital dos EUA] começou a disponibilizar licenças de casamento para duplas de mesmo sexo em março, juntando-se a cinco estados que revogaram a definição legal de casamento entre um homem e uma mulher.
 

Fonte: Notícias Pró-Família / Gospel+
Traduzido de LifeSiteNews por Julio Severo
Compartilhar este post?

21 de jul de 2010

Mais indicios de Maçonaria? Igreja Universal e seu mega projeto de construir réplica do Templo de Salomão, com pedras trazidas de Israel


Antes de tudo, veja a  materia IGREJA OU TEMPLO MAÇÔNICO?

A Igreja Universal do Reino de Deus  construirá uma réplica do Templo de Salomão, aqui no Brasil, na cidade de São Paulo (SP). Será uma mega igreja, com 126 metros de comprimento e 104 metros de largura, dimensões que superam as de um campo de futebol oficial e as do maior templo da Igreja Católica da cidade de São Paulo, a Catedral da Sé. São mais de 70 mil metros quadrados de área construída num quarteirão inteiro de 28 mil metros. A altura de 55 metros corresponde a de um prédio de 18 andares, quase duas vezes a altura da estátua do Cristo Redentor. Com previsão de entrega para daqui a 4 anos, a obra será um marco na história da Igreja Universal do Reino de Deus.
O complexo também contará com 36 Escolas Bíblicas com capacidade para comportar aproximadamente 1,3 mil crianças, estúdios de tevê e rádio, um auditório para 500 pessoas, além de um estacionamento para mais de mil carros.
Projetado para causar o menor impacto possível ao meio ambiente, o templo será construído com materiais reciclados e regionais de alta tecnologia, que proporcionarão o uso racional da energia, possibilitando a reutilização de água e calor.
Na área externa será feito um memorial com 250 metros quadrados que poderá ser usado como um espaço para exposições e eventos. A ideia seria contar ali não só a história da Igreja, mas também explicar um pouco do funcionamento do templo como obra de engenharia.
De acordo com o arquiteto e autor do projeto, Rogério Silva de Araújo, o empreendimento é arrojado e emprega tecnologia de ponta, para que quando as pessoas entrem no local, viajem pelo tempo e sintam-se como se estivessem no primeiro templo construído por Salomão. “Começando pela fachada, passando pelo átrio e chegando internamente na nave, criamos uma visão de maneira a remeter as pessoas ao  passado. Para tanto, estamos nos valendo de toda tecnologia de ponta associada ao bom senso na arquitetura de maneira a não criar este choque de épocas”, diz Araújo.
Ainda dentro da Igreja, uma arca representando a Arca da Aliança será colocada sobre o altar com o objetivo de proporcionar um efeito tridimensional, que, quando aberta, poderá ser observada totalmente em seu interior e também refletirá no batistério, criando a sensação, durante o batismo, de que a pessoa estará se batizando dentro da Arca. Na face frontal do altar serão aplicadas doze pedras representando as doze tribos de Israel, e todo o altar será ladeado por duas colunas diferenciadas chamadas Joaquim e Boaz, nomes também citados na Bíblia. A Igreja será no Brás (zona leste da capital paulista) e terá capacidade para mais de 10 mil pessoas sentadas.
De acordo com o bispo Edir Macedo, o local não será de ouro, mas as riquezas de detalhes empregados em cada parte do templo serão muito parecidas com os do antigo santuário. “Nós encomendamos o mesmo modelo de pedras de Jerusalém que foram usadas por Salomão, pois vamos revestir as paredes do templo com elas. Nós queremos que as pessoas tenham um lugar bonito para buscar a Deus e também a oportunidade de tocar nessas pedras e fazer orações nelas.”, comentou o bispo durante reunião realizada em São Paulo. Ele acredita que a visitação ao Templo não se limitará somente aos fieis da IURD, mas se tornará um ponto turístico e cultural, que atrairá pessoas do mundo todo.
Para o presidente da Juventude Judaica Organizada, Persio Bider, a iniciativa poderá promover um melhor entendimento ao povo brasileiro não judaico a respeito de Israel e dos judeus, eliminando preconceitos e o antissemitismo, ainda presente na sociedade. “Somente por meio do conhecimento mútuo poderemos erradicar qualquer tipo de preconceito ou discriminação por parte de ambos e, assim, trabalharmos juntos no que temos de semelhanças e nos respeitarmos no que pensamos e acreditamos de diferente. Temos muito em comum e precisamos nos unir para que seja possível trabalharmos ativamente em uma sociedade mais justa, positiva e focada em uma coexistência e inter-religiosidade plena, razão pela qual acredito ser muito interessante a iniciativa do bispo Macedo, que entendo amar muito a Terra de Israel e o povo judeu”, afirma Bider.

Vídeo: Réplica do Templo de Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus em São Paulo




Fonte: Bispo Edir Macedo / Gospel+
Compartilhar este post?

16 de jul de 2010

Série - As religiões bizarras: Pessoas com Poderes Cósmicos de Luz


Também conhecida como Pessoas do Universo, em tcheco se escreve “Vesmírní lidé sil sv?tla”, é um movimento religioso centrado em torno do checo Ivo A. Benda. Seu sistema de crença é baseado na existência de civilizações extraterrestres comunicando com o fundador e outros “contracteantes”, desde o ano de 1997, de modo telepático, sendo que mais tarde, eles relataram ter contato físico e pessoal. Segundo Benda, o fundador, essas civilizações operam com naves espaciais liderado por Ashtar Sheran, que orbita a Terra. Eles vêem de perto e ajuda os bons e estão apenas aguardando para transportar seus seguidores para uma outra dimensão. Os ensinamentos dessa religião, incluem vários elementos ufológicos, cristianismo (como se Jesus fosse apenas uma fina vibração) e teorias conspiratórias (as forças do mal estão fazendo planos para estraçalhar a população).

Fonte: Genizah
Compartilhar este post?

15 de jul de 2010

Portugal: Homem irado ataca templo da Igreja Universal com retroescavadeira


O Apocalipse já chegou na igreja Universal!

Foi bispo pipocando para um lado, rosa ungida, sal grosso e espada de são jorge caindo sobre os envelopes de oferta. Foi arca para todo o canto e teve pastor falando fino!


Um homem de 42 anos invadiu nesta segunda-feira um prédio da Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, em Faro (Portugal), com uma retroescavadeira. O incidente não deixou feridos, mas causou prejuízo de 100 mil euros [R$ 224 mil].
Segundo o jornal português “Público”, o templo, localizado no largo de São Sebastião, foi invadido no final da tarde. O homem acusa a igreja de ter se “aproveitado de sua fragilidade” e de ter se apoderado de “todos os seus bens”, segundo a publicação, que cita a polícia.
O invasor foi detido e deve se apresentar ao Tribunal de Faro nesta quarta-feira. Sua identidade não foi divulgada de imediato.
De acordo com o jornal, policiais irão vigiar o templo por “tempo indeterminado”. Ainda segundo a publicação, informativos que foram colados na igreja indicam que os cultos “serão realizados nos horários habituais” e que a porta de emergência será usada como entrada.
Segundo o “Público”, que cita o dono de um estabelecimento vizinho ao templo, o homem tentava há seis anos fazer com que a Universal pagasse pelas obras que realizou na igreja.
No blog que mantém na internet, Edir Macedo comentou o caso. “Hoje dia 13/06, por volta das 17h45, avistamos pela câmera de segurança uma máquina retroescavadora conduzida por um homem desconhecido, que invadiu a Sede da IURD em Faro, no Largo de São nº 10″, diz.

“Movido por uma fúria incontrolável, começou a destruir completamente as portas da frente, de acesso ao hall de entrada. Imediatamente, nós corremos na direção ao homem e tentamos impedi-lo, sem sucesso”, acrescenta o bispo no blog.
No post, Macedo diz ainda que o homem “estourou a porta automática do principal acesso à igreja e a câmera de segurança”, além de destruir praticamente todas as poltronas do templo.



Confira o video





Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

9 de jul de 2010

Série - As religiões bizarras: Igreja dos adoradores do Prince Philip


Igreja dos adoradores do Prince Philip

O Movimento do Príncipe Philip é um culto da tribo Yaohnanen no Sul da Ilha de Tanna, em Vanuatu. Eles acreditam que Prince Philip, marido da rainha Elizabeth II e Duque de Edimburgo, é um ser divino, o filho de um espírito da montanha irmão de John Frum. De acordo com os contos antigos, o filho viajou sobre o mar para uma terra distante, se casou com uma mulher poderosa e que voltou no tempo. Os aldeões observaram o respeito concedido à rainha Elizabeth II pelas autoridades coloniais e chegaram à conclusão de que seu marido, Prince Philip, era filho de suas lendas.
Esse movimento começou em 1950 e as crenças foram reforçadas pela visita oficial do casal a Ilha de Tanna em 1974 quando alguns aldeões tiveram a oportunidade de ver Prince Philip de longe. Ele, sabendo da religião que o tomava como Deus, trocou presentes com os nativos, e até chegou a visitar a tribo.

Fonte: Genizah virtual
Compartilhar este post?