Mostrando postagens com marcador Politica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Politica. Mostrar todas as postagens

30 de mai de 2012

Cornerstone Festival: edição de 2012 será a última


Os organizadores do festival Cornerstone anunciaram que a edição 2012 será a última do lendário festival. O festival teve seu início em 1984, e desde então acontecia anualmente com bandas de diversos estilos como rock, metal, punk, hardcore e pop além de incentivar o cenário independente do rock cristão trazendo palestras, workshops.
Em um comunicado do site do Festival os organizadores declaram o fim do festival e argumentam a dificuldade econômica e mudanças no mercado.

Confira abaixo um documentário (em inglês) que mostra diversas cenas do Cornerstone Festival:








Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

17 de mai de 2012

Megadeth: "O sucesso da banda é abençoado por Deus!"

O Pastor Matt da The Point recentemente conduziu uma entrevista com o baixista do MEGADETH  David Ellefson. Você pode assistir um trecho no vídeo abaixo (que irá ao ar na íntegra no domingo do dia 20 de maio).



No último outono, Ellefson tornou-se um dos 100 estudantes a distância do Seminário Concordia. As aulas incluem "Distinções Luteranas", "Pregação I & II", "Introdução ao Culto" e "Escrituras e Fé".
Falando com Michael Gryboski, do Christian Post, o baixista conta sobre a decisão de se tornar um pastor Luterano.
"Eu terminei a educação superior há poucos anos e faço muitos trabalhos dentro da igreja quando não estou na estrada também. Eu faço apenas pela minha paixão por isto. Então quando o programa de seminário me foi oferecido pelo meu pastor eu pensei que poderia ser uma ótima oportunidade para tocar música e continuar crescendo na minha fé e oportunidades futuras de servir a Deus".
Quando perguntado se via algum conflito entre ser baixista de uma clássica banda de metal e um critsão, Ellefson respondeu:
"Algumas pessoas na igreja podem enxergar um problema comigo tocando música 'mainstream', mas esta foi a vida que me foi dada e meus talentos musicais também são dons de Deus. Se analisar, a formação e o sucesso do MEGADETH é abençoado por Deus".


Fonte: Whiplash
Compartilhar este post?

Petra e Bride: juntos em show de aniversário de Taguatinga dia 06 de junho


As bandas internacionais Petra e Bride estarão na comemoração do aniversário da cidade de Taguatinga, DF.
A cidade, vizinha da capital federal, é considerada uma região administrativa do Distrito Federal, e comemora 54 anos realizando a festa nos dias 05 e 06 de Junho.
Além de Petra e Bride, estarão presentes no evento artistas gospel conhecidos nacionalmente, como Stanley, bispo Rodovalho, Disco Praise, Metal Nobre, Irmão Lázaro, Carlinhos Félix, Jotta A e Thalles Roberto.
O evento de comemoração dos 54 anos de Taguatinga será realizado na sede da Associação Comercial e Industrial de Taguatinga – FACITA, com entrada franca nos dois dias.

54º Aniversário de Taguatinga-DF
 
Shows com Petra, Bride, Thalles Roberto, Jotta A, Carlinhos Félix, Irmão Lázaro, entre outros.
Dias 05 e 06/06
Entrada Franca

Fonte: Gospel+

Compartilhar este post?

1 de mai de 2012

Banda Resgate: "Juntos 2012" evento evangelístico organizado por Kaká em Madri


O casal Carol Celico e Kaká estão organizando a segunda edição do Festival Juntos, e divulgaram um teaser com os artistas que estarão no evento, que contará com a presença da banda Resgate, Ministério Diante do Trono, André Valadão, Hillsong London, entre outros.
O evento acontecerá no próximo dia 05 de Maio, na capital espanhola, Madri, e tem como tema “Juntos podemos sonhar. A primeira edição havia ocorrido em 2010, em Milão, Itália.
“Eu e minha família fomos acolhidos na cidade de Madri com generosidade e carinho. Amo muito esta cidade e pensei durante algum tempo como retribuir as constantes manifestações de afeto. Escolhi a linguagem universal do sentimento: a arte”, publicou Carol Celico no canal do projeto Amor Horizontal no Youtube.
A ex pastora da Igreja Renascer afirma que fé é essencial para seguir em frente: “No dia 5 de maio estaremos na Parque de la Bombilla para descobrir que, juntos, podemos sonhar novamente. A fé em Deus pode todas as coisas e vários artistas vão nos lembrar que somos eterna e incondicionalmente amados pelo Criador”.

Confira abaixo o teaser de divulgação do Juntos 2012:



Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

25 de mar de 2012

Resenhas: mensagem satânica em novo comercial da Cerveja Kaiser / Heineken - campanha 2012, veja video...



1º Existem pentagramas (Baphomet, cabeça de bode) na parte onde eles fazem o processo da cerveja, ta na cor vermelha (a partir dos 13 seg. de vídeo é possível perceber)....

2º Tem uma imagem do" olho que tudo vê" numa coluna , junto com outros quadros (a partir dos 18 seg. de video é possível perceber).

Fonte: Holy Metal 4Christ 777
Video retirado do site da Kaiser
Compartilhar este post?

28 de fev de 2012

Resenhas: Igreja cria campanha para que seus membros façam “tatuagens cristãs”


Um dos assuntos mais controversos ainda discutidos na igreja contemporânea é a tatuagem. Vista por muitos cristãos como prática proibida, devido a passagens presentes no Antigo Testamento, a tatuagem é uma arte cada vez mais presente no meio cristão, sendo, inclusive, usada por muitos como forma de expressar sua fé.
Marginalizada durante muito tempo na cultura ocidental, as tatuagens são usadas como forma de expressão e identificação em diversos segmentos da sociedade, e é muitas vezes vista negativamente devido ao seu uso entre presidiários e mafiosos de diversos países. Em algumas comunidades tribais tatuagens são consideradas elementos essenciais para definir a identidade visual e coletiva.
Diante da grande popularização das tatuagens com temática religiosa, o pastor Chris Seay, da Comunidade Ecclesia, em Houston, Texas, criou uma “campanha” durante a quaresma, para que membros de sua congregação façam tatuagens ilustrando, de algum modo, a vida e a crucificação Jesus.
Segundo a ABC Local o pastor convidou o tatuador e artista plástico Scott Erickson, para criar, inicialmente, 10 desenhos que representassem as “Estações da Cruz” e anunciou em sua igreja que procurava 10 pessoas que desejassem fazer essas tatuagens. A ideia atraiu mais de 50 voluntários e todos foram tatuados com um desenho personalizado, feito por Erickson.
Evitando desenhos com as comuns cruzes ou imagens do rosto de Cristo, o tatuador explicou o conceito artístico por trás de suas criações: “Eu acho a cruz totalmente importante, mas como um símbolo ela não inspira mais as pessoas, tornou-se algo decorativo”. Por esse motivo, e como forma de incitar a curiosidade de quem vê as tatuagens, ele incorporou símbolos cristãos mais sutis, como o pintassilgo, que tradicionalmente representa Cristo na Paixão, e escreveu algumas frases em latim.
“O protestantismo tem uma cultura visual muito pouco desenvolvida”, afirmou o artista, que disse ainda que “As Estações da Cruz, mostram uma história muito intensa. Não havendo espaço para os cordeiros fofinhos e cores brilhantes”.
Seay é pós-graduado em Teologia pela Universidade Batista Baylor e autor de diversos livros, que relacionam o cristianismo com filmes e séries de televisão, entre eles The Gospel According to Tony Soprano (O evangelho segundo Tony Soprano) e The Gospel Reloaded, sobre os dois primeiros filmes da trilogia The Matrix. O pastor é apontado como um dos novos líderes o movimento conhecido como “Igreja Emergente”.
Brent Plate, que é professor de um curso sobre religião e cultura pop no Hamilton College, em Nova York, falou sobre a campanha da Ecclesia. Segundo ele “este é um projeto fascinante, criativo e provocador”. Para Plate “fazer as Estações como tatuagens é claramente algo que se encaixa bem com o movimento da chamada igreja emergente. Afinal, eles desejam estar totalmente envolvidos com a cultura contemporânea, sem perder sua identidade espiritual cristã”.

Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

22 de jan de 2012

Resenhas: no Rio de Janeiro, idosa tem número 666 tatuado na testa... a mesma "faz parte" da seita Crescendo em Graça

A idosa de 80 anos sofria maus tratos do casal com quem vivia. Participantes de uma seita, fizeram a mulher tatuar o número 666 na testa.


Fonte: youtube
reportagem da TV Record
Compartilhar este post?

15 de jan de 2012

Resenhas: pastor norte-americano abre estúdio de tatuagem dentro da igreja


O Rev. Steve Bentley da igreja The Bridge (A Ponte) teve uma ideia inusitada para atrair pessoas para sua igreja. O pastor, que afirma fazer todo o possível para alcançar pessoas que não se sentem confortáveis em uma igreja tradicional, abriu um estúdio de tatuagem dentro de sua igreja.

O pastor afirma que seu ministério se baseia na crença de que a religião dominante tornou se ineficaz e irrelevante para a maioria das pessoas. Segundo Bentley esse é um dos motivos que o levou a abrir a Tattoo Serenity dentro da igreja.
O estúdio é licenciado pela prefeitura da cidade e conta com os tatuadores Ryanb Brown e Drew Blaisdell, que trabalham no estúdio entre meio-dia e ás 20 horas de segunda a sábado. Bentley tem duas tatuagens e afirma que a prática da tatuagem “moralmente neutra”, não é diferente do que colocar um brinco ou um piercing.
O reverendo deu uma entrevista ao Jornal Flint na qual explicou: “Estamos fazendo uma igreja de uma maneira diferente e que seja relevante para as pessoas”. “Aqui você pode fazer uma tatuagem em um ambiente limpo”.
Brown é um dos tatuadores da loja e fala de como trabalhar dentro da igreja o tem ajudado na recuperação do alcoolismo: “Eu já tinha esse tipo de estúdio. Estava trabalhando, mas sem muito propósito. Eu estava lutando para manter meu estúdio e ficar sóbrio”, o tatuador completou dizendo: “Orei muito e decidi que o melhor era fechar no endereço antigo vir para a igreja. Achei que poderia causar um impacto mais positivo aqui”.


Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

3 de dez de 2011

Chrislam: movimento que mistura Cristianismo com Islamismo


Chrislam é um movimento religioso que está ganhando força nos Estados Unidos. Ele tem como base a mistura de tradições e adoção de livros sagrados de duas religiões: o cristianismo e o islamismo.
O movimento de sincretismo religioso que mistura elementos das duas religiões começou na Nigéria na década de 1980 com um homem chamado Tela Tella que afirma ter sido visitado por um anjo que lhe incumbiu dessa missão. E vem ganhando força e espaço na América do norte após os atentados terroristas de 11 de setembro.
“Chrislam, como o nome sugere, é um movimento crescente em que alguns cristãos estão tentando encontrar um terreno comum com os muçulmanos”, explica o teólogo Bill Muehlenberg.
No início desse ano comunidades cristãs, que aderiram a essa “Aliança interconfessional”, em estados como Dallas, Chicago e Washington DC estão colocando o Alcorão ao lado da Bíblia em seu templos, e houveram também pregações sobre o profeta Maomé.
De acordo com o Christian Post, os adeptos desse movimento sincretista defendem a existência de pontos em comum entre as tradições religiosas, um exemplo são as 25 menções feitas a Jesus no Alcorão e ensinamentos comuns sobre ética e moral. Eles acreditam que ao se unirem em torno desses pontos comuns estão formando uma espada espiritual contra o ateísmo e o politeísmo que, segundo eles, são os motivos do conflito moral do Ocidente.
Porém muitos cristãos tem rejeitado essa união religiosa e ressaltam as incompatibilidades ideológicas das duas crenças. O pastor sênior da Igreja Cornerstone em Highland (Michigan), Tim Forsthoff fala sobre essa incompatibilidade: “Nós não somos irmãos daqueles que rejeitam a Cristo. Nós não somos parte da família de Deus com aqueles que negam a morte e ressurreição de Jesus Cristo”.

“As pessoas têm sido levados a acreditar que todas as culturas são iguais, que todas as religiões são iguais. O primeiro erro é abraçar as diferentes culturas “, disse o professor e jornalista Paul Williams que aponta o multiculturalismo como estopim para a propagação do “Chrislam”. Willians fala também que em muitos lugares dos Estado Unidos falar contra a diversidade já é visto com maus olhos. Ele completa dizendo que o que realmente está acontecendo é que “[Muçulmanos] estão entrando e convertendo os cristãos”.

Em outros lugares do mundo o movimento também está ganhando força. Uma frase escrita no site do Comitê de Diálogo Nacional Islâmico-Cristão no Líbano sintetiza a filosofia: “Nós somos irmãos, somos uma família de Deus. Nenhum de nós é melhor do que o outro em seus olhos. Ele nos ama tanto. O futuro só pode ser ganho contra o mal por todos nós em pé, fortes e juntos”.
Na Austrália, o grupo islâmico “MyPeace” conduziu uma campanha publicitária defendendo a inter-relação entre cristãos e muçulmanos. Nessa campanha foram espalhados cartazes pela cidade de Sidney com os dizeres “Jesus: um profeta do Islã”.
A principal bandeira levantada pelos fiéis “híbridos” é “Por que não nos dar bem, ao ressaltar as diferenças, quando podemos simplesmente… nos tornar um?”.


Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

24 de nov de 2011

Resenhas: programa "A Liga" da Band, exibiu reportagem sobre as religiões do Brasil e suas curiosidades. Assista o video completo em HD

“A Liga”, programa exibido pela Band, veiculou uma matéria sobre cultos e religiões no Brasil, país considerado o segundo mais religioso, por sua diversidade religiosa, ficando atrás apenas da Índia. O programa apresentou casos curiosos de pessoas que buscam a espiritualidade através de plantas alucinógenas, ou que creem que Jesus está reencarnado na figura de um líder religioso.





Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

Resenhas: segundo colunista de jornal, possibilidade de um programa semanal gospel na Globo é real

Ricardo Feltrin, editor e colunista do F5 área de entretenimento do site da Folha escreveu em sua coluna sobre o Festival Promessas na Rede Globo e anunciou que em 2012 existe a possibilidade de um programa semanal na emissora.
O Festival Promessas, que será transmitido na Globo no dia 18 de dezembro as 22h30 está sendo produzido pelo núcleo de Luiz Gleiser e está sendo tratado com muito cuidado na emissora para ser um sucesso de audiência já que é o primeiro show gospel da Globo e contará com uma superprodução que terá Serginho Groisman como apresentador e com a participação de David Sacer, Fernanda Brum, Fernandinho, Regis Danese, Damares, Ludmila, Pregador Luo e Eyshila e conforme Ricardo Feltrin destaca de forma irônica “a queridinha do bispo Macedo” Ana Paula Valadão, o comentário está relacionado aos ataques da Rede Record contra a cantora e a unção do cair no espírito. Conforme os números da audiência do Festival Promessas a possibilidade de um programa semanal de música gospel é cada vez mais real, algo que era impensável muitos anos atrás.
Ricardo Feltrin trouxe alguns números que comprovam a importância da música gospel para o mercado fonográfico e o motivo da Globo estar tão interessada nesse meio, confira abaixo:
1) Estima-se que, em 2011, a indústria da música gospel no Brasil movimentou R$ 2 bilhões
2) A pirataria devora 15% dos produtos gospel, quando em outros estilos pode chegar a 60%
3) Comparação, os 4 CD´s da coleção “Promessas” (que deu origem a esse especial do dia 18) venderam 482 mil cópias. Luan Santana, álbum mais vendido em tooooodo 2010, conseguiu vender pouco mais de 230 mil cópias
4) Há artistas (como Aline Barros, Soraya Moraes etc) que não estão no selo gospel da Globo e vendem ainda mais
Confira na íntegra a matéria escrita por Ricardo Feltrin clicando aqui.


Fonte: Gospel+

Compartilhar este post?

Polemica TV Record: Famoso pastor desmente doutrina do cair no Espirito "Cai Cai"

Apos a reportagem do Domingo Espetacular da TV Record, surgiram vários videos na rede, e um deles foi o vídeo do Pastor Marco Feliciano, que adimite não ter caido no Espirito, e ainda afirma que foi empurrado em um dos famosos cultos do "cai cai".





Obs: O blog e seus autores, não tem nenhum vinculo com o Bispo Edir Macedo, IURD ou TV Record, e nem seguem suas doutrinas. 


Fonte: Holy Metal 4Christ 777
Compartilhar este post?

23 de set de 2011

Ação Social: músicos americanos, como Michael W. Smith, Amy Grant e Petra usam sua influência em favor de causas sociais


Músicos, inclusive os cristãos, nem sempre são admirados por suas atitudes fora dos palcos. Entre as críticas mais frequentes, fala-se do estrelismo, da vaidade e da insensibilidade social que caracteriza a vida de muitos desses artistas – mas um grupo cada vez maior de cantores e compositores evangélicos norte-americanos têm contrariado o estereótipo e feito de sua fama a alavanca para ajudar a mudar a vida de muita gente. Eles seguem o exemplo de George Beverly Shea, conhecido por ser responsável pelas canções nas cruzadas do evangelista Billy Graham, que costumava cantar para arrecadar fundos para a missão Samaritan’s Purse (“Bolsa do Samaritano”). Mais recentemente, ícones da música como Michael W.Smith, Amy Grant e Petra, que nos anos 1980 seguiram a mesma linha de trabalho de Bono Vox, do U2, associando-se à luta pela justiça social. Por causa das parcerias firmadas com esses artistas, mais de um milhão de crianças recebem hoje apoio de entidades como a Compassion Internacional e da Visão Mundial. Só em 2008, artistas do segmento musical cristão foram responsáveis por 48% do suporte financeiro desses grupos. É a fama a serviço do bem.

Leia a matéria completa: 
http://musica.gospelmais.com.br/musicos-americanos-como-michael-w-smith-amy-grant-e-petra-usam-sua-influencia-em-favor-de-causas-sociais.html


Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

26 de ago de 2011

Kings Of Leon: documentário mostra o passado cristão da famosa banda de rock secular


Um documentário sobre a banda secular Kings Of Leon, uma das mais conhecidas no cenário alternativo americano, promete revelar as origens do grupo e sua relação com a fé.


O filme mostra a banda, formada pelos irmãos Caleb, Nathan e Jared Followill, além do primo Matthew, em reuniões pentecostais. O diretor Stephen C. Mitchell filmou  o grupo por dez anos.
“Talihina Sky: The Story of the Kings of Leon” foi exibido no festival Tribeca Film e agora será apresentado aos fãs na TV. “O filme realmente mostra o mundo pentecostal de onde vieram os integrantes”, conta o diretor.
“Mesmo que você cresça e avance no mundo, mudando seus pontos de vista, ainda acho que algumas dessas crenças fundamentais continuam lá”, reforça Mitchell, dando a entender que a fé dos integrantes foi mantida.

Polêmicas recentes

O dia a dia dos integrantes da banda, porém, parece distante do Cristianismo. Durante um show nos Estados Unidos, o vocalista da banda, Caleb deixou o palco aparentemente bêbado. Toda a turnê foi cancelada para que Caleb fosse tratado.
Partes do documentário também mostram os conflitos que o alcoolismo do vocalista traz para a banda. “Você não percebe. Você fica bêbado e fala besteira para todo mundo que faz de você quem você é”, diz o irmão Nathan em um momento do filme.

Confira o trailer do documentário, em inglês, que mostra cenas dos integrantes em reuniões na igreja. Um alerta: as filmagens contêm cenas de nudez parcial e uso de drogas.






Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

Resenhas: famoso produtor secular elogia bandas como Oficina G3, P.O.D, Fruto Sagrado, Katsbarnea e Kirk Franklin


O produtor e crítico musical Regis Tadeu falou sobre o tema música e religião na sua coluna “Alfinetando” no portal Yahoo! Brasil. O produtor explicou que para a ele a música independe de religião e elogiou o trabalho de bandas que considera diferenciadas e abordam a fé.

Ele destacou o trabalho da banda Oficina G3 que segundo ele “fazem um som tremendamente bom com base em suas convicções religiosas”. A banda foi citada como a melhor banda cristã da America Latina e além disso Regis Tadeu mostrou conhecimento de que junto com bandas como Resgate, Fruto Sagrado e Katsbarnea contribuíram para “injetar na música cristã o peso do rock”.
Além de Oficina G3, Regis Tadeu elogiou a banda de rock King’s X, o grupo gospel The Blind Boys of Alabama. Ele falou tambem de Kirk Franklin declarando que o cantor “tem uma interpretação sempre vibrante e uma habilidade rara em criar discursos religiosos por cima de bases dançantes que fazem o Prince parecer um batuqueiro de lataria de ônibus escolar”. Por fim, P.O.D recebeu destaque na coluna de Regis que comparou as influencias da banda com Bad Brains, The Police, Rage Against the Machine e Bob Marley.

Leia a coluna completa clicando aqui.

Fonte: Gospel+
Compartilhar este post?

14 de ago de 2011

Mayhem: "Quero que Necrobutcher conheça o amor de Deus" afirmou o pastor


Em pronunciamento à revista Metal Hammer, o pastor Bob Larson falou sobre o exorcismo que pretende praticar em Necrobutcher, baixista do Mayhem.

"Confirmo minha intenção. Mas estabelecerei certas condições com a equipe de TV. Espero que ele permita que seus demônios venham a mim. Ele precisa saber que será uma batalha entre eu e eles, não contra sua pessoa. Oro para que Jorn [Necrobutcher] conheça o amor de Deus. Jesus morreu por ele, lamento que tenha idéias erradas sobre o cristianismo. Talvez alguns cristãos na Noruega não tenham feito um bom trabalho. Satanás está lutando pela alma dele. Posso ajudá-lo a escapar e experimentar a pacífica presença do Espírito Santo".
O pastor revelou que já teve encontros com bandas como Slayer, Morbid Angel e Deicide.

Fonte: Whiplash
Compartilhar este post?

30 de jul de 2011

Orphaned Land: grupo militante muçulmano emite ordem para assassinar dançarina


Durante sua apresentação no Hellfest da França no dia 19 de junho, o grupo de metal israelense Orphaned Land recebeu muita atenção por ter a dançarina do ventre libanesa Johanna Fakhri. Durante o show, Fakhri e o vocalista do Oprhaned Land, Kobi Fahri seguraram as bandeiras de seus países natais juntos antes de se abraçarem. Enquanto alguns os aplaudiram pelo que eles se referem como sendo um ‘ato de paz’, outros chegaram ao ponto de ameaçar a vida de Fahkri.
Agora para aqueles que não são familiarizados com a história do Oriente Médio, Israel e Líbano estão tecnicamente em guerra um com o outro. Na verdade, é oficialmente ilegal, pelas leis libanesas, que qualquer cidadão tenha interação pública com um israelense. Por causa da atenção da mídia que essa performance recebeu, o grupo militante muçulmano Shi’a, filiado ao Hezbollah, não só declarou Fakhri uma traidora, mas também emitiu uma ordem para o seu assassinato.
Em resposta, Fakhri, que tem se escondido na França, divulgou a seguinte declaração: “Eu sei que política, religião e outras questões, não obstante as que dizem respeito aspectos internacionais, não têm um lugar de destaque na música, mas a música é uma ferramenta para a expressão, e tem que trazer mensagens, história e legado. Desse modo, eu quis aproveitar dessa oportunidade tão rara na história – ver no mesmo palco um grupo israelense e uma dançarina libanesa – para dizer que além do intercâmbio artístico e nossa colaboração pelo amor à arte, estávamos dispostos a fazer disso um símbolo de paz. E essas duas bandeiras que seguramos tão ao alto quanto nossos punhos pudessem possam transcender todos esses anos de guerra e sofrimento.”

O vídeo da apresentação de Fakhri com o Orphaned Land pode ser visto abaixo:





Fonte: Whiplash! 
Compartilhar este post?

25 de jul de 2011

Morte precoce: Além de Amy Winehouse, conheça outros nomes da música mortos aos 27 anos

Cantora se junta a clube de roqueiros que morreram precocemente

Encontrada morta neste sábado (23) em seu apartamento no bairro de Camden, em Londres, Amy Winehouse passa a fazer parte do clube dos roqueiros mortos aos 27 anos.

Coincidência ou não a cantora conhecida por seus problemas com drogas e bebidas, se junta a outras estrelas tão problemáticas quanto ela. Entre elas, Kurt Cobain (1967 -1994), Jimmy Hendrix (1942-1970), Janis Joplin (1943-1970), Jim Morrison (1943-1971), Brian Jones (1942-1970) e Kristen Pfaff (1967-1994).

Veja abaixo lista e resumo de quem deixou o mundo da música precocemente aos 27 anos.

Janis Joplin (19/1/1943 - 4/10/1970) 
A eterna rainha do blues rock lançou maravilhas como Cheap Thrills (1968) e Pearl (1971). No palco, a cantora americana arrasava, deixando a plateia com o queixo caído. Seu temperamento era bem difícil. Foi vítima de uma overdose acidental, quando estava no final das sessões de gravação de Pearl. Cantava muito! Sua voz vinha do fundo da alma. 


Jim Morrison (8/12/1943 - 3/7/1971) 
Um dos grandes poetas do rock e totalmente imprevisível: era capaz de fazer shows maravilhosos ou horríveis, conforme o seu humor. The Doors (1967), Strange Days (1967) e L.A. Woman (1971) são alguns de seus melhores discos com os Doors. Era considerado o grande símbolo sexual do rock, nos anos 60, o que o irritava. Tinha um vozeirão. Vítima de overdose acidental. 


Jimi Hendrix (27/11/1942 - 18/9/1970) 
Ainda hoje considerado o maior guitarrista da história do rock, gravou discos espetaculares, como Axis Bold As Love (1967) e Electric Ladyland (1968). No palco, ele pôs até fogo na guitarra, e de verdade! Usava drogas e bebia como se não houvesse amanhã. Morreu sufocado no próprio vômito, após uma mistura de comprimidos e bebidas alcoólicas. 


Brian Jones (28/2/1942 - 3/7/1969) 
O guitarrista criou e deu o nome a uma banda lendária, The Rolling Stones. O grande músico acabou mergulhando nas drogas e sendo mandado embora do próprio grupo por Mick Jagger. Foi encontrado morto em sua piscina, afogado, apenas um dia depois de ser demitido. Tem gente que até hoje acha que ele foi assassinado. Jones foi o primeiro roqueiro famoso a morrer com 27 anos. 


Kurt Cobain (20/2/1967 - 5/4/1994) 
O maior mito do rock nos anos 90. Cantor, compositor, guitarrista e líder do grupo americano Nirvana, que lançou os brilhantes Nevermind (1991) e In Utero (1993). Não soube lidar com o sucesso, e seu fim foi trágico: estourou os miolos em sua própria casa. Fez shows cheios de altos e baixos no Brasil com o Nirvana em janeiro de 1993, e até gravou em um estúdio carioca. 


Richey Street (22/12/1967 - 14/2/1995) 
Ele era o letrista e o guitarrista base dos Manic Street Preachers, uma das principais bandas inglesas da década de 90. Intelectual e doidão, chegou a usar uma camiseta com a frase “kill yourself” (mate-se, suicide-se). Um dia antes de a banda viajar para os Estados Unidos, ele simplesmente sumiu. Do nada. E nunca mais foi encontrado. 


Robert Johnson (8/5/1911 - 16/8/1938) 
O cantor, compositor e violonista americano é considerado o legítimo avô do rock and roll. Reza a lenda que ele teria vendido a alma para o capeta para se tornar um excelente violonista, cantor e compositor, e que morreu tão cedo justamente por causa disso. Teria o diabo vindo cobrar a dívida? Oficialmente, foi vítima de envenenamento. Ídolo de Eric Clapton e inúmeros outros roqueiros famosos. 


Alan "Blind Owl" Wilson (4/7/1943 - 3/9/1970) 
O Cannet Heat foi uma das principais bandas de blues rock americanas dos anos 60, e Alan era seu guitarrista. O cara sabia tudo de blues, e conhecia a obra de cada grande nome do gênero. Future Blues (1968), melhor disco do grupo, teve grande participação de Alan. Ele foi encontrado morto pelos colegas de banda, vítima da mistura de duas garrafas de gin com comprimidos. 


Kristen Pfaff (26/5/1967 - 16/6/1994) 
Kristen Pfaff tocou baixo com o Hole, banda liderada por Courtney Love, a mulher de Kurt Cobain. Ela entrou no grupo e participou de seu disco mais vendido, Life Through This (1994). Reza a lenda que a moça teria tido um rápido caso com Kurt. Em trágica coincidência, Kristen também foi encontrada morta, vítima de overdose, e também aos 27 anos de idade, dois meses depois de Cobain. 


Gary Thain (15/5/1948-8/12/1975) 
O baixista inglês é até hoje considerado um dos melhores da história do heavy metal, e viveu seus anos de ouro como integrante do Uriah Heep, participando de CDs como Demons And Wizards (1972). A coisa ficou feia para ele a partir de setembro de 1974, quando foi eletrocutado em cena. Conseguiu sair vivo, mas sua vida nunca mais foi a mesma. Foi demitido do Uriah Heep e, deprimido, morreu de overdose. 


Ron "Pigpen" Mckernan (8/9/1945-8/3/1973) 
McKernan era tecladista do Grateful Dead, uma das bandas mais malucas e experimentais da geração hippie. Ele era quem mais aparecia nos shows, pois sabia prender a atenção do público. Infelizmente, também bebia como se não houvesse amanhã, e morreu vítima de uma hemorragia gastrointestinal, que ganhou ao encher tanto a cara. 


Pete Ham (27/4/1947-24/4/1975) 
Cantor, compositor e guitarrista do grupo inglês Badfinger, que soube como poucos se valer da influência dos Beatles e lançou trabalhos maravilhosos como Straight Up (1971) e Wish You Were Here (1975). Seu rock era melódico e contagiante, uma delícia de se ouvir. Sacaneado pelo empresário, ficou desesperado e em situação financeira lamentável. Acabou se suicidando. 


Chris Bell (12/1/1951-27/12/1978) 
O cantor, compositor e guitarrista americano era outro que aproveitou muito bem as influências dos Beatles. Ao lado do cantor, compositor e músico Alex Chilton, integrou a banda Big Star, que vendeu poucos discos mas influenciou inúmeros outros grupos de rock, como R.E.M. e Oasis. A falta de sucesso comercial lhe rendeu forte depressão. Morreu vítima de um acidente de carro. 


Pete de Freitas (2/8/1961-14/6/1989) 
Pete de Freitas foi considerado um dos melhores bateristas do rock dos anos 80, e tocava com o Echo & The Bunnymen. Esteve com a banda quando eles tocaram no Brasil pela primeira vez, em 1987, em shows antológicos. Participou de discos ótimos, entre eles Ocean Rain (1984) e Echo & The Bunnymen (1987). Morreu em um acidente de moto.


Fonte: Portal  R7
Compartilhar este post?

9 de jun de 2011

Black Metal: na Noruega, diplomatas recebem treinamento sobre o gênero musical


Metal legítimo norueguês! E mais especificamente, NORWEGIAN BLACK METAL.


É verdade, porque aparece no site Views and News From Norway. De acordo com o site, o ministério das relações exteriores começou a treinar aspirantes a diplomatas no tema True Norwegian Black Metal. Por quê? Embaixadas norueguesas ao redor do mundo têm recebido cada vez mais perguntas sobre o gênero musical.

“Temos cerca de 106 missões no exterior e elas recebem muitas solicitações de pessoas que querem informações sobre a cena Black Metal Norueguesa como um fenômeno”, diz o encarregado do centro de estudos do ministério das relações exteriores, Kjersti Sommerset. “No programa de treinamento, temos um amplo programa cultural de modo a dar aos estudantes um bom entendimento da cultura Norueguesa e a indústria cultural.”


Ótimo! Fico me perguntando se os diplomatas Jamaicanos têm que saber muito sobre reggae.



Fonte: Whiplash! 

Compartilhar este post?

5 de abr de 2011

Oficina G3: homenagem da banda aos irlandeses do U2 na rádio CBN

O programa Sala de Música, da rádio CBN, mobilizou diversos músicos dos mais diversos estilos para uma homenagem à banda irlandesa U2, uma das mais importantes das décadas dos anos 80, 90. 
A musica escolhida por Oficina G3 foi 'I Still Heaven't Found What I'm Looking For'. 
Uma bela interpretação acústica com Mauro Henrique(Voz/violão), Juninho Afran(Violão), Duca Tambasco(Baixo) e Alexandre Aposan(Percussão).

Confira abaixo Oficina G3 interpretando 'I Still Heaven't Found What I'm Looking For'.




Fonte: Holy Metal 4Christ 777
Creditos: eddyaraujog3
Compartilhar este post?